Temporada Blumenauense de Teatro apresenta seis espetáculos de 27 de março a 1º de abril, em Blumenau

0

Com entrada gratuita e aberta ao público, além de serviço de interpretação em Libras, as apresentações ocorrem na Associação dos Moradores da Velha Pequena, no CSU bairro Fortaleza e na Green Place, no bairro Garcia

Teatro, inclusão, cidadania e roda de conversa. De março a abril, a Temporada Blumenauense de Teatro apresenta seis espetáculos em Blumenauno dia 27 de março, o Auto da Prece do Lixão, da Sinos Cia de Teatro; no dia 28Jingobel, do Grupo K – Teatro; no dia 29, o espetáculo Das Águas, da Cia Carona; no dia 30O Feliz, do grupo Detalhe Teatro; no dia 31, o espetáculo João – O Louco, do Teatro de Quinta e no dia 1º de abril, a peça Outro Lugar, da cia Primeiro Quarto Teatro. Com entrada gratuita e aberta a toda comunidade, os espetáculos ocorrem em três bairros do município, na Associação dos Moradores da Velha Pequena, no CSU no bairro Fortaleza e na Green Place, no bairro Garcia, e em todas as ações haverá serviço de interpretação em Libras. As apresentações fazem parte do projeto Temporada Blumenauense de Teatro – Descentralização, Mediação e Formação, do artista Artur Mateus Gewehr, e é patrocinada pelo Fundo Municipal de Apoio à Cultura de Blumenau, referente ao Edital n. 005/2017 do Prêmio Herbert Holetz.

No dia 1º de abril, a Temporada Blumenauense de Teatro encerra as ações do projeto com uma Roda de Conversa sobre: O Teatro de Blumenau. A ação ocorre às 19h, na Sala S-113 – Bloco S, da Furb, com entrada gratuita e aberta à toda classe artística, agentes culturais, produtores e público interessado no tema.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:
27 de março, às 20h
Espetáculo o Auto da Prece do Lixão, da Sinos Cia de Teatro
SINOPSE: Um homem e uma mulher estão perdidos em um redemoinho, em meio às sobras da humanidade. Apanhados na armadilha que reconhecem como Lixão, eles não recordam de onde vieram ou quem são. Atendem pelos nomes inventados: “Não lembro” e “Não sei”. Os dois entram em uma busca incessante pela alforria de uma condição sombria, suja e insensível. As buscas pela arte, pelo divino e pela empatia permeiam essa trama que questiona o fardo de uma existência despropositada, quando aquilo que se categoriza como lixo e se descarta, não deixa de existir. O lado avesso se torna o certo, enquanto as pessoas vistas como lixo, desejam reemergir à qualidade de seres humanos.
Classificação indicativa: 14 anos
Local: Associação dos Moradores da Velha Pequena (R. José Reuter, 2590, – Velha Central, Blumenau/SC)
Roda de conversa sobre o espetáculo, às 21h.

28 de março, às 20h
Jingobel, do Grupo K – Teatro
SINOPSE: Jingobel trata do encontro inusitado de quatro mulheres com vidas distintas: Elisa, Rosa, Vanusa e Teresa. As suas diferenças, preconceitos, temperamentos e visões de mundo se chocam na relação que se desenvolve no decorrer da noite de Natal, num misto de desespero e loucura, choro e gargalhada, ódio e amor, rejeição e amizade.
Classificação indicativa: 16 anos
Local: Associação dos Moradores da Velha Pequena (R. José Reuter, 2590, – Velha Central, Blumenau/SC)
Roda de conversa sobre o espetáculo, às 21h.

29 de março, às 20h
Das Águas, da Cia Carona
SINOPSE: Diluídas na chuva que cai incessantemente, personagens e histórias passeiam como se fizessem parte da paisagem. Lembranças caem como a garoa, para logo serem esquecidas. Aqui é só a chuva quem existe. Todo o resto são objetos.
Classificação indicativa: 12 anos
Local: CSU Fortaleza (R. Francisco Vahldieck, 23210, bairro Fortaleza, Blumenau/SC)
Roda de conversa sobre o espetáculo, às 21h.

30 de março, às 20h
O Feliz, do Detalhe Teatro
SINOPSE: Feliz virá realizar o seu show. Nada pode dar errado. Feliz intitula-se “espírito livre” e tem tudo sob controle. Assim esperamos. Vai começar. Todos a postos. Jean dá início à apresentação do jeito que combinaram, mas…
Classificação indicativa: 14 anos
Local: Green Place (R. Prof. Gustavo Brandes, 69, bairro Garcia, Blumenau/SC)
Roda de conversa sobre o espetáculo, às 21h.

31 de março, às 20h
João, O Louco, do Teatro de Quinta
SINOPSE: “João O Louco” é um espetáculo dramático que tem sua ação apoiada nos conflitos internos, pessoais e extrapessoais de João Bartolomeu Rangel Bravata, personagem central da história, vítima de violência doméstica na infância. Como produto do meio e já na fase adulta, João perde aos poucos a noção da realidade e passa a ter uma vida dupla dominada pela violência. O protagonista vive uma relação sádica com seus atos, que geram nele prazer e dor. A história se passa em 1941, na aldeia de Nova Pandoré, um lugar fictício no Brasil.
Classificação indicativa: 16 anos
Local: Green Place (R. Prof. Gustavo Brandes, 69, bairro Garcia, Blumenau/SC)
Roda de conversa sobre o espetáculo, às 21h.

01 de abril, às 14h30
Outro Lugar, do Primeiro Quarto Teatro
SINOPSE: Ao perder Tinho, seu bichinho de pelúcia e melhor amigo, Nina entra numa aventura em que faz novos amigos e ainda descobre para onde vai o lixo. Mas para resgatá-lo, ela precisa enfrentar um monstro. A peça acompanhada de música ao vivo, aborda sustentabilidade e outros temas transversais.
Classificação indicativa: Livre
Local: CSU Fortaleza (R. Francisco Vahldieck, 23210, bairro Fortaleza, Blumenau/SC)
Roda de Conversa sobre o espetáculo, às 15h30.

01 de abril, às 19h
Roda de Conversa, O Teatro De Blumenau
Local: FURB – Sala S-113 – Bloco S (R. Antônio da Veiga, 140, bairro Victor Konder, Blumenau/SC)

Todos os eventos com entrada gratuita e aberta ao público
Espetáculos com serviço de interpretação em Libras.

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: