United derrota o Benfica e fica confortável na Liga dos Campeões

0

Nesta terça-feira, em Old Trafford, o Manchester United derrotou o Benfica sem dificuldades, pelo placar de 2 a 0, e ficou em boa posição para confirmar sua vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Os gols da partida foram marcados por Svilar, contra, e Blind.

Integrante do Grupo A do torneio mais importante do futebol europeu, a equipe de Manchester lidera a chave com 12 pontos conquistados: são quatro vitórias em quatro jogos. Com o resultado positivo, os comandados de José Mourinho colocaram um pé no mata-mata da disputa. O Basel e o CSKA, que também se enfrentaram nesta terça-feira, vêm logo atrás, com seis pontos. O Benfica é o lanterna, já que amarga quatro derrotas até agora.

Na próxima rodada da competição internacional, os Red Devils encara o vice-líder da chave, o Basel, no dia 22 de novembro, na Suíça. Também pelo Grupo A, o CSKA recebe o Benfica em seus domínios, no mesmo dia.

Mkhitaryan, que entrou no intervalo da partida, foi marcado de perto pelos oponentes (Foto: Oli Scarff/AFP)

O jogo – Logo aos 13 minutos de partida, o Manchester United teve uma penalidade máxima assinalada ao seu favor. O lateral brasileiro Douglas tentou impedir a passagem de Martial por trás, caiu devido ao contato e acabou colocando a mão na bola, impedindo o prosseguimento da boa jogada pela direita do francês. Na cobrança, o próprio jogador bateu, mas Svilar fez a defesa e impediu a abertura do placar.

Já próximo dos acréscimos da etapa inicial, a equipe inglesa contou com a sorte para inaugurar o marcador. Lukaku tocou para Matic, que chutou rasteiro com força, de longe. A bola carimbou a trave e bateu nas costas de Svilar, que havia pulado para tentar executar a defesa, entrando para o fundo das redes.

Na segunda etapa, o jogo permaneceu lento, sem grandes chances claras de gol para ambos os times. A primeira oportunidade do tempo final saiu dos pés de Jiménez, do Benfica. Após a zaga do United sair jogando errado, o mexicano fez a roubada e finalizou, acertando a trave de De Gea.

O segundo gol dos ingleses saiu em nova cobrança de pênalti. Rashford driblou dois adversários e foi derrubado na área. Na batida, Blind cobrou seguro, no meio do gol, fazendo o 2 a 0 e dando números finais à partida.

CSKA derrota o Basel – Na outra partida da chave, a equipe suíça, jogando em casa, perdeu para o CSKA pelo placar de 2 a 1, com um gol de Zuffi, para os donos da casa, além de Dzagoev e Wernbloom, para os visitantes. Com o resultado adverso, o Basel perdeu a chance de garantir a classificação para a fase de mata-mata da Liga dos Campeões nesta rodada.

Os suíços haviam vencido os russos no outro confronto entre as equipes pela atual edição da competição, por 2 a 0. Apesar disso, o CSKA confiava no bom retrospecto jogando no país para sair da Basileia com uma vitória: nos últimos dois jogos da equipe na Suíça, dois triunfos.

A equipe de Moscou estaria maticamente eliminada da Champions em caso de derrota e se o Manchester United somasse pelo menos um ponto contra o Benfica. Por outro lado, o Basel garantiria vaga na próxima fase da competição caso vencesse e os ingleses não perdessem em seus domínios.

Share.

Comments are closed.