SC tem mais ataques nesta segunda; PM diz que prendeu ou apreendeu mais de 90 desde quinta

0

Já são mais de 40 ações registradas. Em Florianópolis, casa de policial civil aposentado foi alvejada.

Santa Catarina voltou a registrar ataques criminosos nesta segunda-feira (4). Desde a última quinta (31), bases da PM, delegacias, órgãos estaduais e municipais e casas de policiais foram atingidos em ao menos 20 cidades (veja cronologia). São mais de 40 ações desse tipo registradas.

Nesta segunda, um artefato explosivo foi encontrado no pátio de uma empresa de treinamento de vigilantes em Criciúma. Também houve veículos queimados em pátios das prefeituras de Araquari e Joinville, no Norte. Em Florianópolis, a casa de um policial aposentada foi alvejada.

A Polícia Militar informou que, desde quinta-feira (31), quando teve início a Operação Mão Forte, 95 pessoas foram presas ou apreendidas, em operações simultâneas que têm envolvido 3 mil policiais. “Não existe previsão de término da operação”, informou o comando geral, em nota.

Ao Bom Dia Santa Catarina, o secretário adjunto de Segurança Pública de Santa Catarina, Aldo Pinheiro D’Ávila, afirmou que os ataques “são fruto de 30 anos de diminuição dos poderes das polícias” e aumento do tráfico de drogas.

Novos ataques
Por volta das 10h desta segunda (4), uma banana de dinamite foi encontrada no pátio de uma empresa de treinamento de vigilantes em Criciúma, no Sul do estado, informou a Polícia Militar. O objeto não explodiu e não houve feridos.

Por volta das 16h desta segunda, integrantes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) desarmaram o artefato. Não se sabe o horário em que ele foi jogado no pátio da empresa.

“Acreditamos que tenha sido no decorrer da madrugada, durante o dia havia movimentação. Estava disfarçado dentro de uma sacola, mais difícil de perceber o momento em que ele foi lançado”, disse o capitão da PM Mario Luiz Silva.

Casa de policial alvejada
Um policial civil aposentado teve a casa atingida por tiros na madrugada desta segunda-feira (4) em Florianópolis. Ele e a família estavam em casa, mas ninguém ficou ferido.

O caso foi registrado às 4h no bairro Rio Vermelho. Conforme a Policia Civil, a casa foi atingida por ao menos 13 tiros.

A investigação foi encaminhada para o 8ª delegacia de Polícia Civil. Até a tarde desta segunda, ninguém havia sido preso.

Casa alvejada em Camboriú
Em Camboriú, no Litoral Norte, a Polícia Militar informou que quatro disparos foram efetuados contra a casa de parentes de um policial, por volta das 22h30 de domingo (3). Um veículo e a parede lateral foram atingidos.

Kombi queimada em Joinville
Em Joinville, uma Kombi foi incendiada dentro de um galpão da prefeitura na noite de domingo. Segundo a prefeitura, há suspeita que o ato tenha sido criminoso. Até a manhã desta segunda (4), ninguém havia sido preso.

O caso foi registrado no galpão da Subprefeitura Leste, às 20h30. O fogo foi controlado pelos bombeiros. Um outro depósito chegou a ser alvo de uma tentativa de incêndio, mas também foi controlado.

Araquari
Já na na madrugada desta segunda-feira, os bombeiros registraram um incêndio em uma garagem da prefeitura, na SC-301, no bairro Itinga.

Segundo os bombeiros, o fogo se alastrou para uma pilha de tubos de PVC e em uma retroescavadeira por volta das 2h. Havia um reservatório de combustível próximo, que não chegou a ser atingido pelas chamas.

Conforme os bombeiros, foram encontrados vestígios de materiais utilizados para iniciar às chamas e há suspeita de ato criminoso.

Fonte: G1

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: