Rildo, Mazinho, Danilo Barcelos e Leandro Pereira estão na mira da Chapecoense

0

A lista de possíveis reforços da Chapecoense tem Rildo, atacante do Coritiba, Danilo Barcelos, lateral da Ponte Preta, Mazinho, atacante do Oeste e Leandro Pereira, atacante do Sport.

O interesse nestes nomes foi confirmado pelo diretor de futebol do clube, João Carlos “Maringá”, em entrevista para a Rádio Chapecó.

Ele informou que Leandro Pereira, que já passou pelo clube em 2014 e só não voltou na metade deste ano por lesão, pertence ao Brugge e está emprestado ao Sport até a metade do ano que vem. O time pernambucano aceita liberá-lo mas a Chapecoense só aceita a contratação se for por um ano, o que dependeria de liberação do time belga.

Enquanto isso a Chapecoense trata da renovação com Wellington Paulista e Túlio de Melo. Se os dois renovarem, Leandro não vem, segundo Maringá. O acerto com Túlio é mais fácil pois seus salário é menor. Já Wellington Paulista ganhava no Fluminense 2,5 vezes mais dos que a Chapecoense costuma pagar.

-Ele é uma liderança positiva no grupo mas temos que encontrar um denominador que deixe o jogador satisfeito e não fuja do nosso orçamento – avaliou Maringá.

Já o nome de Rildo agrada por ser um jogador de velocidade, o que o time perdeu após a saída de Rossi. Júlio César, que veio do Oeste, seria o substituto mas até agora não deslanchou. Júlio César permanece em 2018 pois tem contrato com o clube.

Quem também continua é Arthur Caike, que renovou contrato até 2021. Outros jogadores do setor, os equatorianos Penilla e Guerrero, tem contrato até julho do ano que vem. Osman era emprestado pela Luverdense e sua situação está indefinida.

Também encerraram empréstimo o lateral João Pedro, do Palmeiras, os zagueiros Fabrício Bruno e Grolli, do Cruzeiro , Zeballos, do Defensor, Reinaldo, do São Paulo, Moisés Gaúcho, do Grêmio e Seijas, do Inter. Destes, apenas Seijas, Moisés Gaúcho e Zeballos não interessam. Reinaldo interessaria mas o São Paulo quer o jogador. Os demais o clube tenta prorrogação.

Para o lugar de Reinaldo o clube quer Danilo Barcelos, da Ponte Preta. Outra opção é Gilson, do Botafogo. Apodi tem contrato até o final do ano que vem, Roberto até 2019 e Diego Renan deve ser liberado.

Na zaga Luiz Otávio é do clube e Douglas está emprestado até julho. Neto deve voltar aos gramados no ano que vem e só falta assinar a renovação. Assim como Alan Ruschel. Nenén devem ficar mais um ano no time. Lucas Mineiro tem contrato até 2020 e Elicarlos e Nadson até final de 2018. O clube tenta manter Moisés Ribeiro, além de ampliar contrato com Canteros, que vai até maio de 2018. A situação de Lucas Marques está indefinida. Luiz Antônio de Dodô devem ser liberados. O volante Amaral teve o vínculo renovado.

Os goleiros Jandrei e Elias renovaram contrato e o atacante Lourency voltou do Vila Nova.

Mesmo sem contar com as renovações a Chapecoense já teria um time para iniciar o estadual: Jandrei, Apodi, Douglas, Luiz Otávio e Roberto; Lucas Mineiro, Elicarlos, Canteros e Nadson; Arthur Caike e Lourency.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: