Quatro personalidades recebem títulos de Cidadão Blumenauense e Emérito em sessão solene da Câmara

0
A Câmara de Vereadores de Blumenau realizou, na noite desta quinta-feira (7), uma Sessão Solene de Entrega de quatro títulos Honoríficos de Cidadão Emérito e Cidadão Blumenauense no plenário da Casa.
O professor Alfredo Scottini recebeu o título de Cidadão Blumenauense por indicação do vereador Almir Vieira (PP). O parlamentar ressaltou o currículo do homenageado, que lecionou língua portuguesa por 50 anos no Senai, durante 25 anos no Colégio Santo Antônio e 19 anos na Rede Estadual. Atuou por seis anos como conselheiro tutelar a escreveu mais de 20 livros, além de traduzir mais de 50 obras, inclusive toda a obra de Fritz Müller do latim para o Arquivo Histórico de Blumenau. O vereador apresentou um vídeo com depoimentos de pessoas próximas de Scottini. “É uma honra homenagear uma pessoa do gabarito do Sr. Alfredo Scottini, com essa maravilhosa história de vida”, assinalou, parabenizando-o. O professor homenageado agradeceu a condecoração e ressaltou que a vida é linda e maravilhosa quando sabemos levá-la adiante. “As obrigações do cidadão blumenauense vou verificar amanhã”, brincou.
O vereador Adriano Pereira (PT) entregou título de Cidadão Blumenauense ao ex-vereador Vânio Francisco Salm. Pereira destacou que em Blumenau Salm foi fiscal de obras, sempre atendendo e ouvindo a comunidade, foi presidente de associação de moradores, vereador e atualmente trabalha como assessor parlamentar da deputada estadual Ana Paula Lima (PT). “Vânio Salm tem a vida pautada pela fé, política, cidadania, atuando na comunidade da Igreja Católica e sendo um exemplo de generosidade e amor ao próximo. Enquanto vereador fez um mandato voltado às comunidades carentes e a esse trabalho busco dar continuidade”, afirmou. Salm agradeceu a indicação e relatou algumas lutas que encampou contra a exploração da população de baixa renda. “A luta pela qual estou sendo homenageado foi difícil, pois abracei as causas dos desfavorecidos. Sempre fiz para que quando eu saísse alguém dissesse que foi bem feito, que deixasse saudade”, enfatizou.
O presidente da Casa, vereador Marcos da Rosa (DEM), condecorou com o título de Cidadã Blumenauense a médica Lenise Pontes Freitas. Apresentou um vídeo com o resumo do currículo da homenageada, que é neurologista, neuropediatra e trabalha na prefeitura há mais de 30 anos. “A Lenise se destaca por ser uma servidora pública que tem honrado esse título. É aposentada e continua atuando inclusive através do voluntariado, além de ter um programa que leva a palavra de Deus na TV Galega. Tem empatia, cuidado e amor pela gente blumenauense. Me sinto emocionado em poder homenageá-la”, sintetizou. “Vejo que o plano de Deus me trouxe a Blumenau e aqui encontrei princípios para a ação. Só posso agradecer às pessoas que facilitaram a minha vida. São 37 anos que estou em Blumenau, que eu não vi passar, mas hoje é o dia mais feliz da minha vida”, assinalou a médica.
Já o desembargador Jorge Luiz de Borba recebeu título de Cidadão Emérito por proposição do vereador Almir Vieira. O parlamentar enfatizou que o homenageado tem um vasto currículo, atuou em diversas áreas do direito, advogou por 29 anos, foi professor da Furb, do Centro de Educação Superior de Blumenau (Cesblu) e da Unifae. Foi presidente e vice-presidente da OAB seccional Blumenau, conselheiro estadual por dois mandatos, no TJ-SC é desembargador desde 2008 atuando especialmente na construção da nova penitenciária de Blumenau.  “O senhor foi uma das pessoas que abriu as portas do TJ para que pudéssemos aplicar aqui o programa Lar Legal, demonstrando carinho pela comunidade e a efetividade de ser blumenauense. Muito obrigado por todos os serviços prestados pela cidade”, finalizou Almir. O desembargador disse que sente orgulho em ter dado continuidade às suas gerações aqui nascidas, e disse que a sensação que fica é de uma gratificação imensa, com a certeza de que foi predestinado a fazer parte dessa gente trabalhadora. “Tudo que eu posso ter feito por Blumenau sempre será muito pouco diante da grandeza e do merecimento dessa gente. Procurarei sempre ser digno dessa honraria, que guardarei para sempre em meu gabinete e dentro do meu coração. Muito obrigado, Blumenau”, sintetizou o desembargador.
Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: