Jovem morre após receber injeção no hospital de Catanduvas

0

A Polícia Civil e a Promotoria Pública da Comarca de Catanduvas investigam um suposto erro médico, que pode ter sido a causa da morte de um jovem empresário ocorrido no último dia 25 de agosto.

Carlos Kunz, 33 anos, morreu horas depois de tomar uma injeção no Hospital Municipal Perpétuo Socorro, por causa de uma dor de garganta.

De acordo com o depoimento da família, Carlos procurou atendimento na sexta-feira (25) pela manhã, e com o receituário médico foi a farmácia e comprou a injeção de benzetacil para aplicar no hospital. Conforme prontuário, ele fez a injeção no hospital por volta das 13h30. Em seguida, Carlos foi para casa, e às 15h15min ligou para a irmã informando que havia algo errado, pois não estava conseguindo respirar direito.

Preocupada, a irmã, que estava no interior do município, pediu que um amigo da família fosse buscar o jovem para leva-lo ao hospital. Logo em seguida, ela foi informada que o irmão já estaria medicado com corticoide e nebulização.

Ainda conforme depoimento, o estado de saúde do jovem só piorava, com dificuldades para respirar, apresentava vermelhidão e inchado no pescoço. A irmã relata que solicitou diversas vezes a transferência para o Hospital Santa Terezinha de Joaçaba, o que teria sido negado pela médica até o momento em que assinou um termo de responsabilidade e com carro próprio levou o irmão até o HUST, onde foi rapidamente atendido, visto o quadro clínico já avançado. Mas infelizmente Carlos foi a óbito cerca de 40 minutos depois.

Conforme o depoimento da família, o médico de plantão no HUST, informou que Carlos havia tido uma reação alérgica, um choque anafilático, muito provavelmente ocorrido pela aplicação de benzetacil, e que ao chegar logo teria sido medicado com adrenalina (medicamento usado para reverter o quadro em caso de alergia), e entubado, para evitar que fechasse a passagem de ar, porém, em seguida teria sofrido uma parada cardiorrespiratória.

A administração municipal de Catanduvas informou que o plantão médico foi licitado, e que a responsabilidade nesse caso seria da empresa contratada, no entanto, ressaltou que abriu uma sindicância para apurar e esclarecer os fatos.

Porque acontece o choque anafilático e como tratar

O choque anafilático, também conhecido como anafilaxia, é uma reação alérgica grave que surge poucos segundos, minutos e até horas após estar em contato com uma substância a que se tem alergia, como camarão, veneno de abelha ou alguns medicamentos, por exemplo.

Nestes casos, os sintomas surgem rapidamente e incluem:
· Dificuldade em respirar com chiado;

· Coceira e vermelhidão na pele;

· Inchaço da boca, olhos e nariz;

· Sensação de bola na garganta;

· Dor abdominal, náuseas e vômitos;

· Aumento dos batimentos cardíacos;

· Tonturas e sensação de desmaio;

· Suores intensos;

· Confusão ou desmaio.

Devido à gravidade dos sintomas e ao risco aumentado de ficar sem conseguir respirar, é importante iniciar o tratamento o mais rápido possível para evitar colocar em risco a vida da vítima. Assim, deve-se chamar imediatamente uma ambulância, manter calma e deitar a vítima de lado, caso desmaie, como indicado nos primeiros socorros para esta situação.

Tratamento para choque anafilático
O tratamento para o choque anafilático deve ser feito o mais depressa possível no pronto-socorro ou em um hospital, com a injeção de adrenalina subcutânea e o uso de uma máscara de oxigênio para ajudar na respiração.

Nos casos mais graves, em que o inchaço da garganta impede a passagem do ar para os pulmões, é necessário realizar uma cricotireodostomia, que é um procedimento cirúrgico para fazer um corte na garganta e manter a respiração, de forma a evitar alterações cerebrais graves.

Normalmente, as substâncias que provocam este tipo de choque incluem:
· Alguns remédios, como Penicilina, Aspirina, Ibuprofeno ou Naproxeno;

· Comida, como amendoins, nozes, amêndoas, trigo, peixes, marisco, leite e ovos;

· Picadas de insetos, como abelhas, vespas e formigas.

Fonte: CACODAROSA

Share.

Comments are closed.