IPTU 2018 – Blumenau

0

A partir desta terça-feira, 9, os moradores de Blumenau devem começar a receber via Correios o carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Caso o boleto não seja entregue até o dia 29, o contribuinte terá de buscá-lo na Central de Atendimento que será instalada na Vila Germânica a partir do dia 26.

O carnê chegará com imposto mais alto para a maioria dos contribuintes.

A prefeitura de Blumenau divulgou no fim do ano passado o calendário de pagamento e as regras do IPTU 2018. O decreto publicado prevê um percentual de desconto menor para quem paga o imposto em cota única, até 15 de fevereiro. Em 2017, o abatimento era de 8%. Neste ano será de 5%.

Segundo a Secretaria de Gestão Financeira, a alteração servirá para compensar a correção baixa da inflação neste ano. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) fechou em 1,95%, bem abaixo dos 7,39% do ano anterior.

Quem pagou o IPTU em dia em 2017 continua tendo desconto adicional de 2%, já incluído no valor que aparece no boleto. O imposto poderá ser pago em cota única em dois prazos – até 15 de fevereiro, com desconto de 5%, e até 13 de março, com desconto de 3%.

Parcelamento
Para os que preferirem parcelar, o pagamento poderá ser feito em até 11 vezes, sendo que a parcela mínima deverá ser de R$ 20. Nesses casos, o primeiro boleto terá vencimento no dia 15 de fevereiro.

 

Isenções
Até o ano passado, a lei isentava imóveis que custam até R$ 8 mil de IPTU, desde que fosse a única propriedade do contribuinte. Com a nova lei, esse valor sobe para pouco mais de R$ 15 mil.

A novidade é a criação de mais um critério para isentar o morador do imposto. Os donos de uma única moradia que não custe mais de R$ 23 mil podem ser liberados do pagamento se estiverem sendo beneficiados pelos programas sociais do Bolsa-Família, Renda Cidadã ou Benefício de Prestação Continuada.

Os moradores que se enquadram em um dos critérios da lei podem ir até a Praça do Cidadão ou na Central de atendimento do IPTU, antes da data de vencimento, e solicitar a isenção.

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: