Imunização contra o HPV pode prevenir diversos tipos de câncer

0

O vírus papilomavírus humano (HPV) é um vírus capaz de infectar a pele e as mucosas, oral, genital ou anal, tanto nos homens como nas mulheres. O vírus HPV é altamente contagioso e a sua transmissão acontece por contato direto com a pele ou mucosa infectada. A principal forma de transmissão é pela via sexual.

Existem vários tipos diferentes de HPV, sendo que alguns podem causar o aparecimento de verrugas genitais, outras alterações como a lesão pré-maligna de câncer, também chamada de lesão precursora e vários tipos de cânceres, como os do colo de útero, vagina, vulva, ânus, pênis e orofaringe.

Segundo a gerente de enfermagem do Hospital Dia do Pulmão de Blumenau (SC), Tatiana Lunelli, em relação aos tipos de HPV temos os oncogênicos e os não oncogênicos. Os tipos oncogênicos estão associados a vários tipos de câncer como: câncer de colo de útero, câncer de ânus, câncer de boca e câncer de pênis. Os tipos não oncogênicos são causadores das verrugas genitais.

Entre as medidas de prevenção ao HPV, as mais importantes são: usar o preservativo (camisinha) nas relações sexuais e vacinar-se contra o HPV. “No Brasil, estima-se que ocorram 18 mil novos casos de câncer do colo do útero por ano sendo que uma das medidas importantes para prevenção é a utilização da vacina contra o HPV”, afirma Tatiana.

A especialista ressalta que a vacina contra o HPV é capaz de proteger o paciente do vírus, e que de acordo com algumas pesquisas, a vacina é mais efetiva quando aplicada antes dos 15 anos de idade. Porém, é importante lembrar que isso não quer dizer que ela não é indicada após essa idade.

“Os tipos da vacina variam. A dose bivalente protege dos vírus de tipo 16 e 18, capazes de causar câncer de colo de útero nas mulheres. Já a vacina quadrivalente, protege dos vírus de tipos 6, 11, 16 e 18, os dois primeiros são os principais responsáveis pelas verrugas genitais enquanto os dois últimos podem causar câncer de colo de útero cervical”, finaliza a especialista.

Como é feito o diagnóstico:
Existem vários profissionais médicos habilitados para realizar o diagnóstico, como: infectologista, ginecologista, urologista, clínico geral e o dermatologista.
É necessário fazer exames para a identificação do HPV, os mais comuns são: Papanicolau, Biópsia, Colposcopia, Peniscopia e o Teste genético PCR.

Existem vários tipos diferentes de HPV, sendo que alguns podem causar:
– O aparecimento de verrugas genitais e outras alterações como a lesão pré-maligna de câncer;
– Vários tipos de cânceres (colo de útero, vagina, vulva, ânus, pênis e orofaringe);
– Bem como a Papilomatose Respiratória Recorrente (PRR).

Medidas de prevenção:
– O uso de preservativo (camisinha) nas relações sexuais;
– Vacinação contra o vírus HPV.

Onde encontrar a vacina:
O Sistema Único de Saúde disponibiliza a vacina quadrivalente contra o HPV para meninas de 9 a 14 anos e para meninos de 11 e 14 anos. A vacina também está disponível em clínicas privadas de vacinação. A dose é indicada a partir dos 09 anos de idade para mulheres e homens. O número de doses pode variar de 2 a 3 considerando-se a idade em que a pessoa fez a primeira dose.

A vacina quadrivalente contra o HPV também está disponível no Hospital Dia do Pulmão, localizado na Rua Engenheiro Paul Werner, 1141 – Itoupava Seca, Blumenau. A unidade possui Sala de Vacinas acreditada pela SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações).

Sobre o Hospital
O Hospital Dia do Pulmão atua em Blumenau desde 1982, com prestação de serviços voltados ao diagnóstico e tratamento de doenças respiratórias. Destacam-se nesta trajetória pioneira, a introdução da fisioterapia respiratória e pneumologia pediátrica.
Além de atendimento nas áreas de pneumologia, alergologia, otorrinolaringologia e cirurgia torácica, o Hospital do Pulmão conta com serviço de Pronto Atendimento, consultórios, exames e tratamentos. Outro diferencial é a sala de vacina, reconhecida e acreditada pela Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), pela excelência dos profissionais, de suas instalações, de sua organização administrativa e funcional e obediência à legislação.

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: