Fotografias revelam estruturas em processo de degradação

0

Patrimônio cultural edificado é foco da exposição “Partes”, que Ricardo Kugler traz para a 3ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB). Na concepção e escolha das obras, o artista visual paulistano contou com a curadoria da doutora em Geografia e Patrimônio Cultural, Viviane Calikevstz. A abertura da mostra ocorre nesta quinta-feira, dia 4, às 19h, na Fundação Cultural. As visitas às exposições podem ser feitas até 25 de agosto, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h. A entrada é franca.

A exposição “Partes” possui como principal elemento imagético patrimônios antigos em processo de degradação. As fotografias são transferidas pelo artista para suportes como partes de janelas, tábuas, tijolos e telhas de casas demolidas. Nessa exposição, a fotografia ganha uma materialidade para além do seu sentido representativo, solidificando as experiências sensoriais.

Cada imagem se funde aos suportes através de técnicas de transferência, revelando as imperfeições das rachaduras em madeiras e tijolos, das transparências dos vidros, dos restos de tintas e pregos em tábuas, aproximando, assim, a materialidade do patrimônio aos sentidos do público já que cada obra pode ser tocada. Cada pessoa ao entrar em contado com a exposição depara-se com memórias e com o pensar patrimonial.

Ricardo nasceu em São Paulo e atualmente reside e trabalha em Ibirama. O bacharel em Ciência da Comunicação pela Universidade Santo Amaro (OSEC/(2004) possui pós-graduação em Fotografia e Processos de Produções Fotográficas pela Universidade Tuiuti do Paraná. É membro imortal da Academia Brasileira de Letras, onde atua na área de políticas púbicas culturais. Já compôs a Comissão Avaliadora de Projetos Culturais, especializou-se em fotografia e produziu trabalhos como diretor de fotografia para audiovisual em cinema, DVDs musicais e publicidade.

Noite multicultural
A noite multicultural desta quinta-feira tem na programação a tradicional conversa com os artistas, declamação de poema pela escritora Delasnieve Daspet e apresentação musical pela Banda Municipal de Blumenau. No evento, estão previstos os lançamentos dos livros “Ewald, um alemão”, de Luiz Carlos Schroeder, “Mutações”, de Delasnieve Daspet, “Animus – A dualidade”, de Neida Rocha, “Bulling no Galinheiro; A Zebra e o Burrinho; e O pequeno Mágico”, de Andréa Gustmann. A terceira temporada do ano reunirá obras de 25 artistas de Santa Catarina e São Paulo.

Serviço
Abertura da 3ª Temporada de Exposições no MAB
Data: quinta-feira, 4 de julho
Horários:
19h: conversa com os artistas expositores
20h: abertura da 3ª Temporada de Exposições do MAB, lançamento de livros, declamação de poema e apresentação musical
Visitas: até 25 de agosto, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Classificação indicativa de idade: Livre
Entrada franca

As exposições
“Reminiscências”, de Jairo Valdati, “O Somsilencio da imagem”, de Zé Paiva, “Entre Cores e Linhas”, de Miriam Puerta, “Raiz, veia, afluente”, de Jussara Marangoni, “Partes”, de Ricardo Kugler, “Naturezas possíveis… possíveis naturezas”, da Bluap, e “Bauhaus 1919 – Catarinas 2019”, das Catarinas

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: