Evasão escolar é tema de conferência promovida pela Educação

0

A Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Educação (Semed), promoveu nesta terça-feira, dia 6, a 1ª Conferência Intersetorial de Políticas Públicas de Evasão Escolar. No encontro, foram discutidas medidas a serem adotadas por diferentes órgãos públicos a fim de combater o abandono escolar na cidade.

 

O prefeito Napoleão Bernardes participou da abertura, juntamente com o vice-prefeito Mário Hildebrandt e a secretária de Educação, Patrícia Lueders. Na ocasião, ele destacou a iniciativa da Semed em debater o assunto e buscar um trabalho conjunto. “Tenho certeza de que essa conferência terá um campo de discussão muito fértil e importante para fazermos um enfrentamento de equipe”, declarou.

 

Conforme relatou a secretária Patrícia Lueders, a discussão de medidas de combate à evasão escolar em Blumenau teve início nas reuniões entre as redes de ensino, Ministério Público e Vara da Infância. “Tivemos então a iniciativa de reunir todos os líderes da Educação de Blumenau em um único dia, para trabalharmos na construção de políticas intersetoriais de combate a essa questão”.

 

Cerca de 500 profissionais, entre diretores e coordenadores pedagógicos das redes municipal e estadual, conselheiros tutelares e servidores das Secretarias de Desenvolvimento Social (Semudes) e Promoção da Saúde (Semus), participaram do evento. A conferência contou com a palestra da promotora de justiça Cristina Nakos, que falou sobre o Programa de Combate à Evasão Escolar do Ministério Público de Santa Catarina (Apoia) e outras medidas que podem ser tomadas para garantir que crianças e adolescentes frequentem a escola no período correto.

 

Em Blumenau, a taxa de evasão escolar da rede municipal de ensino vem reduzindo sistematicamente nos últimos anos e, atualmente, está em 0,54%. Para diminuir ainda mais a evasão nas unidades municipais, a Secretaria de Educação irá atuar com ações direcionadas às escolas com mais casos de abandono, como formação continuada e monitoramento. Outro objetivo é promover ações intersetoriais que permitam intervenções em comunidades vulneráveis, que geram contextos mais favoráveis à evasão.

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: