Empreendedorismo projeta personagens de animação de SC para o mundo

0

Em sete anos, o setor da animação no Brasil teve um crescimento de 18%, segundo informações da Agência Nacional do Cinema (ANCINE) e da Associação Brasil Audiovisual Independente (BRAVI). Santa Catarina tem conquistado a cada ano uma fatia deste mercado, somando a produção de mais de 60 episódios em 2017. Anualmente aumenta o número de produtoras que compõe a lista de empresas engajadas no desenvolvimento do setor e que conquistam espaço no cenário nacional e mundial.

Grande exemplo deste empreendedorismo é a premiada série Boris e Rufus, da Belli Studio de Blumenau (SC). Em apenas um ano a animação conquistou milhares de fãs ao ser transmitida pela TV Cultura, Disney XD e nas redes sociais, conseguiu espaço internacional em exposição durante o principal festival do setor, em Annecy, na França, e foi premiada na categoria Série Animada Latino-Americana do Chilemonos. A produtora executiva da Belli Studio, Aline Belli, explica que as conquistas exigiram muita dedicação e quebra de barreiras, principalmente pela distância do eixo Rio/São Paulo. “Não aconteceu de uma hora para outra. Foram anos de estudo, participação em feiras e eventos internacionais, prestação de serviços que criaram um portfólio de entregas e nos habilitaram através da qualidade, afinal, o mercado internacional busca entrega e qualidade”.

Assim como Boris e Rufus, Santa Catarina produziu nos últimos anos diversas animações que ganharam projeção nacional e internacional, como o Minhocas da Animaking, a famosa série Papaya Bull que estreou na Nickelodeon e foi criada pela parceria da 52 Animation com a Boutique Filmes, a animação As Corujinhas, da Up Licensing e animação da Belli Studio, entre outras. Embora o setor receba apoio através de leis de incentivo, a produtora Aline Belli reforça que é necessário estar em constante desenvolvimento para garantir o crescimento qualificado. “Os desafios ainda são enormes. É necessário buscar reconhecimento através de estratégias para que se crie uma movimentação positiva para licenciamento e re-investimentos constantes”, acrescenta.

 

Evento nacional em SC

           O reflexo desta força em Santa Catarina é a inserção do Estado na rota do “Marcas e Personagens”, evento nacional que reúne estúdios, agentes e licenciadores para troca de experiências e apresentação de personagens, marcas e estratégias. É uma oportunidade para que os envolvidos no setor troquem informações e possam expandir ainda mais a realização de novos negócios. “O setor de licenciamento, movimenta R$ 18 bilhões em vendas no varejo no Brasil, e é uma ferramenta que aumenta, em média, 25% das vendas”, afirma a diretora-executiva do EP Grupo, Marici Ferreira. Este é o segundo ano do evento e a primeira vez em Santa Catarina. “Blumenau foi a novidade da edição a pedido das empresas interessadas, especialmente, no conglomerado de companhias fabris e por ser tão relevante na economia nacional”, acrescenta.

            Com previsão de reunir mais de 100 executivos entre indústria e varejo, o evento será realizado na manhã de quinta-feira (8/11), no Plaza Blumenau Hotel e contará com renomados cases nacionais e internacionais com apresentações de marcas como Nickelodeon, Maurício de Sousa, Disney, Gloob, entre outros. Os personagens catarinenses Boris e Rufus também estarão entre os citados, durante palestra da agência de licenciamento de marcas, Redibra e em algumas ações de interação espalhadas pelo evento.

            Promovido pela EP Grupo, o “Marcas e Personagens” já reuniu centenas de representantes do trade neste ano nas edições em Recife, na Feira Internacional de Brinquedos (ABrin) de São Paulo e durante a Expo Licensing Latam, também na capital paulista.

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: