Dia da Esterilização Animal incentiva debate sobre controle populacional

0

Anualmente, na última terça-feira de fevereiro, o município de Blumenau celebra o Dia Municipal da Esterilização Animal, instituído pela Lei nº. 7.955, de 7 de abril de 2014. A data tem como objetivo incentivar debates acerca da importância da esterilização cirúrgica como uma ferramenta voltada para o controle populacional de animais domésticos e a prevenção de doenças graves.

Neste ano, o Centro de Prevenção e Recuperação de Animais Domésticos (Cepread), vinculado à Secretaria Municipal de Promoção da Saúde (Semus), iniciou um mutirão de castrações gratuitas de cães e gatos errantes. Desde o final de janeiro, 47 animais, sendo 31 cães e 16 gatos, já passaram pelo procedimento na sede do órgão, na Itoupava Central. Mais 15 cirurgias estão previstas ao longo desta terça-feira, dia 27. Para 2018, o mutirão prevê a realização de até 720 castrações de animais indicados por três protetoras independentes e pela Associação Protetora de Animais de Blumenau (Aprablu), habilitadas por meio do edital de chamamento público.

Além disso, o Cepread também efetua a castração dos cães e gatos que, em decorrência de maus-tratos, lesões ou doenças, necessitam de internação e assistência médico-veterinária. Após receberem o tratamento, esses animais são colocados em programa de adoção.

“A esterilização é um dos meios de controle efetivo para reduzir o número de cães e gatos errantes. No entanto, nenhuma ação isolada irá desencadear o sucesso na redução populacional de animais domésticos. Isso passa também pela conscientização dos tutores de animais a respeito de suas responsabilidades, sobretudo em relação à guarda responsável. As políticas públicas de bem-estar e controle populacional são complexas, pois exigem o amadurecimento dos agentes públicos e privados no entendimento desse tema”, observa o coordenador da Política Municipal de Bem-Estar Animal, Luis Carlos Kriewall.

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: