Corpo de garoto desaparecido é encontrado dentro de forno

0

A brutalidade foi registrada na região metropolitana de Curitiba. O crime foi motivado por vingança.

Poucas horas depois de confessar o assassinato de Izaque Furlan, de seis anos, a suspeita de matar o garoto deu detalhes de como cometeu o crime. A mulher de 19 anos foi presa no começo da tarde desta sexta-feira (25), em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba. O crime foi motivado por vingança.

O corpo da criança foi encontrado dentro de uma mala, escondido no forno na casa da mãe da suspeita. “Ela desferiu três golpes com um tijolo de concreto contra o menino. E depois enforcou a criança com o fio de uma enceradeira”, comentou o delegado de Almirante Tamandaré, Tito Barrichelo, que considera o caso esclarecido. “O que ela nos falou foi que as duas tiveram uma discussão porque a mãe do menino estaria usando a internet dela”, disse o delegado.

A polícia descobriu ainda que a suspeita se apropriava do dinheiro de dois benefícios que a mãe da criança tinha direito. Foi por causa disso que a suspeita foi presa, no primeiro momento. “Só depois que o corpo foi encontrado é que, em um novo depoimento, ela confessou o crime”.

O marido da suspeita também foi detido. Ele tinha passagem pela polícia por estupro de vulnerável contra a própria filha de 5 anos. O homem será interrogado para verificar se ele teve envolvimento na morte de Izaque.

As investigações continuam e o inquérito policial deve ser concluído em 10 dias. A suspeita vai responder homicídio qualificado e estelionato.

O menino foi localizado na casa da mãe da suspeita do crime, no bairro Jardim Bonfim, próximo ao ponto em que ele desapareceu. O corpo de Izaque estava escondido em uma mala, dentro de um forno.

Fonte: PORTAL TRI

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: