Comunidade de Jaraguá do Sul deposita flores e mensagens de esperança para o taxista desaparecido Fotos: Fábio Junkes/OCP

0

A comunidade de Jaraguá do Sul está comovida com o caso do taxista Allan Tietz, 24 anos. Ainda nesta sexta-feira (24), foram depositadas mensagens de esperança no ponto em que o motorista e o pai trabalham na rua Erwino Menegotti, no bairro Rau. Um cartaz foi deixado para que as pessoas escrevam bilhetes para a família do jovem, que está desaparecido desde o final da última quarta-feira (22).

Foram realizadas novas buscas durante esse sábado (25). De acordo com Allison Tietz, irmão de Allan, a polícia e voluntários concentraram os esforços na região de Garuva, onde é provável que a vítima esteja. Apesar do trabalho incessante de todos os envolvidos nas tentativas de encontrar o motorista, ainda não há notícias sobre o taxista.

A Polícia Civil investiga o caso do desaparecimento do taxista. De acordo com o delegado Eric Issao Uratani, titular da Divisão de Furtos e Roubos, dois homens são suspeitos de cometer o crime. No fim da tarde desta sexta-feira (24), explicou que as investigações seguem no sentido de confirmar as suspeitas e buscar mais provas da autoria do crime.
Allan foi chamado para uma corrida até Curitiba no fim da tarde desta quarta-feira (22). Nelson conta que o taxista saiu de casa, no bairro Três Rios do Sul, por volta das 17h e não deu mais notícias. O veículo utilizado para fazer a corrida, um Renault Logan, foi encontrado em Curitiba, nas proximidades da rodoviária. O automóvel estava depenado, sem as rodas e com sangue no banco do motorista, na coluna do veículo e no freio de mão.

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: