CDL discute melhorias na área central com vice-prefeito Mário Hildebrandt

0

CDL Blumenau está preocupada com algumas situações que estão virando rotineiras no centro, como o crescimento da população de moradores de rua, do comércio ilegal, principalmente nos semáforos, bem como os malabares, além das feiras itinerantes e comércio na beira das estradas em geral.

Para discutir esses assuntos, a CDL Blumenau se reuniu com  o vice-prefeito, Mario Hildebrandt, e com o diretor geral do gabinete do vice-prefeito, André Espezim.

Estavam presentes na reunião, o presidente da CDL, Helio Roncaglio, o gerente-executivo da CDL, Arlindo Sehnem Filho, e o responsável pelas questões jurídicas da entidade, Angelito José Barbieri.

Helio Roncaglio explicou que o comércio ilegal está ficando cada vez mais corriqueiro, prejudicando o comércio e até mesmo a população em geral:

“Quando falamos do comércio ilegal nosso objetivo não é tirar o sustento de quem está ali vendendo, mas sim estabelecer uma relação justa entre quem precisa cumprir uma série de exigências e quem vende sem autorização, deixando de pagar imposto, taxas e alvarás”.

De acordo com o presidente, ao encontro dessa situação há a pirataria e a venda de produtos com procedência duvidosa, e essas práticas ilegais que ocorrem nas ruas também são praticadas em feiras itinerantes:

“Não estamos generalizando, mas sabemos que existem sim produtos falsificados, pirateados e até mesmo roubados ou furtados sendo comercializados”.

De acordo com Rocaglio a principal medida a ser tomada para combater essa ilegalidade, é a fiscalização:

“A fiscalização, além de proteger as pessoas de produtos que podem causar danos, especialmente à saúde, é uma forma de evitar a informalidade. Quanto maior a informalidade, mais o município deixa de arrecadar. Ou seja, é um problema para todos”.

Para o Hildebrandt, a aproximação entre o poder executivo e entidades representativas como a CDL Blumenau é sempre positiva, para discutir, pensar em soluções e agir juntos, contribuindo ainda mais com o desenvolvimento da cidade.

Durante a reunião, os participantes acordaram que os próximos encontros serão mais frequentes e envolverão mais setores.

O presidente da CDL diz que não foi até a prefeitura apontar problemas, mas para abordar essas situações e buscar caminhos para ajudar a resolver.

Fonte:Jornal de Blumenau

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: