Agentes de combate à dengue realizam mais de 106 mil vistorias em 2017

0

Em 2017, a Secretaria Municipal de Promoção da Saúde (Semus), por meio da Gerência de Combate à Dengue, realizou mais de 106 mil vistorias em imóveis situados em todas as regiões do município de Blumenau. O trabalho teve como objetivo combater e evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, Zika vírus e chikungunya.

 

Ao longo do ano, os 27 agentes que realizam as visitas detectaram e eliminaram 93 focos do vetor no município. Para encontrar nascedouros, são utilizadas armadilhas em 1,6 mil pontos que passam por monitoramento semanal.

 

De acordo com a Semus, Blumenau teve 104 casos suspeitos de doenças decorrentes do Aedes aegypti, dos quais quatro foram confirmados – dois de dengue e dois de chikungunya, ambos importados, ou seja, não contraídos dentro do município. Os números de 2017 são menores que os de 2016, quando houve a notificação de 259 casos suspeitos, com 35 confirmações – 26 de dengue, sete de chikungunya e dois de Zika vírus.

 

Para a gerente de Combate à Dengue, Eleandra Casani, as ações diárias para monitoramento e eliminação de criadouros têm surtido efeito. “A situação está controlada, mas o trabalho é contínuo e precisa do comprometimento e do apoio de toda a comunidade”, afirma. Segundo Eleandra, as chuvas que vêm ocorrendo em Blumenau nas últimas semanas podem favorecer o aparecimento do vetor. “Já encontramos cinco focos do mosquito em 2018. A população precisa estar atenta aos recipientes que possam acumular água e também descartar o lixo nos locais apropriados”.

Share.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: